Quem está acostumado com transferência de dinheiro entre pessoas que moram no Brasil pode ficar um pouco confuso se precisar receber dinheiro de alguém que esteja em outro país. Isso porque o procedimento entre residentes do mesmo país é algo bastante prático, rápido e intuitivo. Mas para receber uma quantia que vem do exterior é recomendado ter atenção sobre taxas, documentações obrigatórias e os meios de recebimento disponíveis. Esse tipo de conhecimento e organização vai permitir uma facilidade maior para receber a remessa.

As informações a respeito desse assunto são importantes para diversos grupos de pessoas, incluindo quem comercializa produtos e serviços no mercado internacional, quem mantém vínculo financeiro com algum familiar que está no exterior, quem optou pela dolarização de patrimônio e recebe aluguel de algum imóvel em outro país, etc.

Documentos obrigatórios para receber dinheiro do exterior

Para receber o valor, o favorecido precisa de alguns documentos. No entanto, esses documentos variam de acordo com a operação feita e com a instituição escolhida. Mesmo assim, vale ressaltar alguns detalhes:

• Valor até US$3 mil – Não é necessário a apresentação de documento, somente a declaração normal com o objetivo de assumir o dinheiro recebido;

• Valores acima de US$3 mil – Em caso de serviços prestados ou produtos vendidos, é necessário apresentar um contrato e o invoice (no mercado internacional funciona como uma nota fiscal do produto ou serviço);

Salário

Trabalha no exterior e quer enviar o valor para uma conta no Brasil? Então é preciso comprovar o vínculo empregatício entre pagador e beneficiário, declarar o valor corretamente no imposto de renda e manter em mãos os documentos que justifiquem essa transação.

Taxas sobre remessas internacionais

Os custos cobrados durante o envio/recebimento de dinheiro no exterior são:
• IOF – O Imposto sobre Operações Financeiras é cobrado tanto de pessoas físicas quanto jurídicas. Sendo a taxa de 1,1% quando o envio é para uma conta de mesma titularidade e 0,38% quando o envio é para contas de diferentes titularidades em sua grande maioria;

• Clientes pessoa física e pessoa jurídica que prestam serviço ao exterior podem ter a alíquota de IOF reduzida a zero, 0%;

• Tarifa SWIFT – É preciso do código SWIFT para fazer uma transferência internacional entre duas pessoas com conta bancária. O número vai servir de conexão entre as instituições. As despesas para essas movimentações variam de acordo com cada instituição pode haver uma taxa de serviço sobre o valor.

A B&T disponibiliza o envio e o recebimento de dinheiro no exterior através do serviço de remessas internacionais.

Dentre os principais benefícios, estão:

• Não é necessário ter conta bancária;

• Atendimento personalizado;

• Atendimento via WhatsApp;

• Gerente dedicado;

• Em apenas 10 minutos o dinheiro está disponível no destino que escolher (envio de MoneyGram).

Outra facilidade que oferecemos é o app EasyWay Remessas! De forma rápida, fácil e segura, você não precisa nem sair de casa para receber sua transferência de MoneyGram direto na sua conta bancária.

Seja qual for sua necessidade em operações de câmbio, a B&T Corretora está pronta para te atender. Somos Todos por Você.