Já se perguntou quais países aceitam turistas brasileiros? Portugal, França, Espanha, Alemanha e Argentina são alguns exemplos que já liberaram a entrada.

O mundo acompanha a abertura de fronteiras para turistas brasileiros, que antes, por conta da disseminação de variantes e alta incidência do coronavírus no país, vinham sendo vetados dos principais destinos. 

Atualmente, com a aceleração da vacinação, mais de 100 países ao redor do mundo já aceitam quem vem do Brasil, sendo exigidos na maior parte deles o comprovante de vacinação completa e/ou teste com resultado negativo para COVID-19. 

Em alguns países ainda se deve fazer quarentena de duas semanas após chegada e podem haver restrições sobre o tipo de vacina. Lugares como Canadá, por exemplo, não aceitam pessoas vacinadas com Coronavac. Logo, é importante checar sobre as regras específicas de cada país.

Acompanhe neste post quais países já aceitam turistas brasileiros para viagens internacionais e receba dicas de como aproveitar ainda mais.

Quais países já aceitam turistas brasileiros? Veja os principais!

Portugal

Portugal reabriu suas fronteiras em 1º de setembro e já recebeu mais de 120 mil turistas brasileiros de acordo com uma pesquisa do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). 

Para entrar no país é necessário apresentar um teste negativo para COVID-19 antes do embarque. No caso do PCR, deve ser realizado 72 horas antes de embarcar para o país e o teste de antígeno nas 24 horas anteriores à viagem.

Confira mais detalhes no site da embaixada de Portugal no Brasil.

Espanha

A Espanha liberou a entrada de brasileiros em 24 de agosto e para entrar no país basta apresentar o certificado digital do Ministério da Saúde do Brasil atestando a vacinação completa com tradução para o espanhol.

Todas as vacinas são aceitas no país e antes do embarque é necessário preencher o formulário de controle de saúde, seja individual ou se for viajar com sua família ou amigos. Acesse aqui.  

Alemanha

A Alemanha permite a entrada de brasileiros desde 19 de setembro. Os requisitos para viajar incluem os brasileiros totalmente vacinados ou que apresentem o teste com resultado negativo para COVID-19 realizado antes do embarque, ou prova de recuperação da doença, caso a pessoa já tenha tido.

A documentação de vacinação deve ter tradução em alemão, inglês, francês, italiano ou espanhol. Vale lembrar que o imunizante Coronavac ainda não é aceito no país, uma vez que ele ainda está sendo analisado. Nesses casos, o teste PCR (realizado três dias antes da viagem) ou de antígeno (24 horas antes da viagem) deve ser apresentado.

França

Para entrar na França, você precisa ter sua carteira de vacinação atestando que completou as doses necessárias para a proteção. Além disso, o país reconhece apenas os imunizantes aprovados pela Agência Europeia de Medicamentos como Pfizer, Moderna, Comirnaty, Astrazeneca, Vaxzevria, Covishield, Janssen.

Dessa forma, outro passo importante para entrar em um dos destinos mais procurados no mundo é ter uma declaração do turista informando que não ter tido contato com pessoas com sintomas e nem apresentar qualquer um deles. 

Mas ainda há chance de viajar caso tenha sido imunizado por Coronavac, um dos imunizantes que ainda não são aceitos na França. Para isso, você deve apresentar o motivo da viagem, o teste com resultado negativo para COVID-19 e realizar quarentena de 10 dias após chegada no país.

Inglaterra

A Inglaterra recentemente divulgou informações sobre retirar o Brasil da “lista de vermelha” de países considerados de alto risco para a COVID-19. Isso significa que turistas brasileiros não vão mais precisar fazer quarentena obrigatória em hotéis designados pelo governo inglês.

Suíça

A Suíça liberou a entrada de turistas brasileiros totalmente vacinados em 26 de junho, um dos primeiros países da União Europeia a fazer essa concessão. 

Para entrar no país é preciso ter a imunização completa para COVID-19. Além disso, todas as vacinas aprovadas pela OMS (Organização Mundial de Saúde) são válidas na Suíça. 

O país também oferece um formulário eletrônico para aqueles que não estão em trânsito e permite que o comprovante de vacinação do posto de saúde brasileiro seja aceito para apresentação. Para mais informações, acesse aqui.

Holanda

Para viajar para Holanda é preciso estar totalmente vacinado, apresentar o comprovante de vacinação e preencher uma declaração de saúde, o que é necessário para todas as pessoas acima de 13 anos. 

Após entrada no país, o turista deve fazer quarentena de 10 dias, e pode ser liberado se no quinto dia de isolamento apresentar um teste negativo para COVID-19.

Irlanda

A Irlanda liberou a entrada de brasileiros, mas é preciso ter atenção com as regras para viajar ao país, como apresentar resultado negativo para o teste PCR, estar com a vacinação completa e fazer quarentena de 10 dias após a chegada.

O turista pode ficar livre da quarentena se apresentar um outro teste PCR negativo no quinto dia de isolamento.

Estados Unidos

A partir do início de novembro, para entrar nos Estados Unidos basta ter a imunização completa contra COVID-19 e um teste negativo feito até 3 dias antes do embarque. 

Ainda não há uma definição sobre as vacinas aceitas no país, mas os imunizantes aprovados nos Estados Unidos são Pfizer, Moderna e Janssen.

Canadá 

O Canadá reabriu suas fronteiras no dia 07 de setembro. Para entrar no país é preciso ter o comprovante de vacinação (Coronavac ainda não é aceita), teste PCR negativo, o visto de entrada no Canadá, baixar o aplicativo ArriveCan e responder todas as perguntas.

México

O México foi um dos destinos que mais recebeu turistas, não só pela quarentena para entrada nos Estados Unidos, como também pela facilidade de entrada no país, onde a única regra é apresentar o questionário de saúde completo no embarque.

Entretanto, para voltar ao Brasil, é necessário apresentar um teste PCR negativo antes do embarque.

Argentina

Brasileiros já podem visitar a Argentina. Todos os turistas brasileiros para entrar no país devem apresentar o comprovante de vacinação completa e teste PCR com resultado negativo antes do embarque. 

Coréia do Sul

A Coréia do Sul liberou a entrada para brasileiros que apresentarem um teste PCR com resultado negativo três dias antes do embarque. Ainda, é necessário preencher um formulário e realizar o exame novamente após chegada no país.

Dicas para aproveitar viagens internacionais e economizar

  • Já pensou em viajar com seguro viagem com cobertura para COVID-19? A Europa Câmbio oferece um seguro que cobre os custos da doença como despesas médicas e outros serviços. É a segurança que você precisava para a sua viagem.
  • Preste atenção na cotação da moeda desejada para sua viagem. Se você ainda não sabe onde ou como comprar moeda em espécie, aqui na B&T, oferecemos mais de 20 moedas estrangeiras com opção de pagamento em até 36 vezes no cartão.
  • Use aplicativos para remessas. Uma boa ideia é não enviar sua transferência pelo banco que demora e cobra mais caro. Aplicativos como o EasyWay Remessas, permitem que você envie e receba no mesmo dia.
  • Cuidado com o cartão de crédito no exterior! Faça um mix entre as formas de pagamento como moedas em espécie e cartão pré-pago internacional, por exemplo. Assim, você torna seu planejamento financeiro mais flexível e pode economizar muito. Só o cartão de crédito cobra 11% de taxas ao todo em uma transação no exterior.

B&T: a melhor escolha para sua viagem

Somos a maior corretora de câmbio do Brasil e contamos com uma rede de 200 lojas de câmbio espalhadas por todo o país, próprias e de correspondentes. 

A B&T oferece os melhores produtos e serviços em câmbio comercial e turismo com soluções para pessoas físicas e jurídicas com economia de mais de 70% nos custos de câmbio se considerarmos outras opções.

Garanta a tranquilidade e o sucesso da sua viagem nos países que já aceitam turistas brasileiros.

Entre em contato.