O ano de 2021 foi desafiador para todos, embora com ganho de fôlego em relação a 2020. Trouxe melhora com o avanço da vacinação ao redor do mundo e o retorno gradual de viagens internacionais, e mesmo com o risco de novas variantes como Ômicron, a vacina vem se mostrando eficaz, o que torna o clima para 2022 mais otimista.

No entanto, com a incerteza sobre o resultado das eleições presidenciais em 2022, teremos uma grande pressão cambial conforme a tendência histórica nesses casos.

Tal situação ocorre pois investidores estrangeiros retiram dólar do país como forma de proteger suas aplicações. Logo, a imprevisibilidade sobre a futura gestão movimenta o mercado, e isso consequentemente aumenta a compra do dólar.

Neste post, trouxemos a perspectiva do Gerente Comercial da B&T Câmbio, Felipe Steiman, sobre como será 2022 para o câmbio e também como podemos nos preparar. Boa leitura!

O que esperar do câmbio para 2022?

Veja a explicação do Gerente Comercial da B&T Câmbio, Felipe Steiman. Acompanhe logo abaixo as palavras do nosso especialista sobre o próximo ano para as operações de câmbio.

Uma das perguntas mais frequentes feitas pelos clientes é: o dólar vai subir ou vai cair?

Quando falamos em câmbio, é sempre difícil fazer alguma previsão. Semanalmente, diversos economistas são consultados pelo Banco Central e suas previsões são divulgadas nas mídias no que chamamos de Boletim Focus. Na divulgação mais recente deste relatório, feita na segunda-feira, no dia 13 de dezembro, o dólar esperado por estes economistas para o final de 2022 é de 5,55.

Os economistas esperam que o câmbio termine o ano que vem um pouco abaixo do valor negociado atualmente.

Sobre 2022, o período promete ser de muita volatilidade e estresse nos mercados.

Teremos eleições no Brasil, aumento de juros nos Estados Unidos, e o cenário da pandemia ainda segue um pouco nebuloso por todo o mundo.

Por isso, o que recomendamos aos nossos clientes quando eles estão programando uma viagem ou pensando em realizar uma remessa internacional, é se possível, que as compras de moeda estrangeira sejam feitas aos poucos. 

É impossível prever qual será o melhor dia para a compra de dólares, e, por isso, comprar aos poucos acaba evitando que a operação seja feita no pior dia do ano.

Portanto, a despeito do possível ano turbulento que teremos pela frente, aproveite momentos de volatilidade para realizar de maneira gradual suas operações de câmbio.

E claro, conte sempre com a B&T Câmbio para isso!

Leia também: Como dolarizar e se proteger das variações cambiais?

Conheça a B&T Câmbio

A B&T Câmbio é uma referência no mercado e já atendeu mais de 1 milhão de clientes e mais de 12 mil empresas. Somos a maior corretora de câmbio do Brasil e temos um escritório em Miami, nos Estados Unidos. 

Atuamos com produtos e serviços de câmbio comercial e turismo como remessas e pagamentos internacionais, compra e venda de moedas em espécie e comércio exterior. Cobrimos 189 países com soluções até 70% mais econômicas do que nos bancos, além de um atendimento especializado para sua operação.

Acesse nosso site e facilite ao máximo sua operação de câmbio.