Muitas pessoas acreditam que manter uma nota de dólar na carteira atrai sorte para a vida financeira. Entretanto, você já pensou em como investir de fato em dólar e contar com mais segurança, proteção e ganhos em seu patrimônio?

Com a alta, o dólar reforça como é essencial dispor dele, visto sua aceitabilidade, conversibilidade e confiabilidade, além do dólar não perder tanto de seu valor com o tempo, o que diminui os riscos para quem está investindo.    

O que é dolarização?

Dolarização é quando um país adota o dólar como moeda.

Pode ocorrer de duas formas: oficial, quando o país dispensa ter a própria moeda, e informal, em que o país possui moeda nacional, mas aceita o dólar internamente.

A dolarização também pode acontecer na forma de investimentos, como a compra de um imóvel nos Estados Unidos ou com a dolarização da sua carteira, ou seja, ao expor uma parcela dos seus investimentos e capitais ao dólar. 

Alguns benefícios de dolarizar sua carteira:

  • Mais oportunidades de investir no mercado financeiro exterior.
  • O real, moeda brasileira, passa por uma série de desvalorizações, portanto, dolarizar uma parte dos seus investimentos garante mais segurança.
  • Diversificação da sua carteira: o mercado de investimento de capitais brasileiro corresponde a 2% dos investimentos do mundo todo e dolarizando, você expande suas possibilidades.
  • O dólar americano é confiável e é parte de uma das economias mais fortes do planeta, enquanto o Brasil possui um histórico de instabilidades na sua economia.

Veja 5 maneiras de investir em dólar

Fundos cambiais 

O fundo cambial tem foco no mercado de câmbio, sendo aplicado assim, a compra de moedas estrangeiras como o dólar. O investimento é voltado para quem tem algum objetivo com a moeda, como também quem visa realizar proteção para investimentos de risco.

Dolarizar seu patrimônio por meio de um fundo permite que seu investimento tenha maior exposição ao câmbio e o investidor pode receber o que aplicou em reais com as variações descontadas. A performance do fundo decorre geralmente da moeda usada como referência. 

Há uma contraposição muito forte entre bolsa brasileira e dólar em casos de estresse de mercado, o que faz geralmente o dólar subir

Para a proteção cambial da sua carteira é indicado que 10% fique em fundo cambial, pois isso protege tanto da economia americana quanto da economia brasileira, principalmente em cenários de crise.

Esteja sempre atento ao dólar, a economia americana e a economia global, assim como a economia de seu país.

Minicontratos de dólar futuro

O minicontrato de dólar representa uma parcela do contrato futuro de dólar. O que significa isso? O minicontrato se refere a 20% de um contrato cheio de dólar, o que permite que o investidor entre de início com apenas o valor parcial do contrato.

O contrato tradicional é a negociação de um valor de compra e venda do dólar para uma data específica no futuro. 

O comprador pode estar buscando se proteger da variação cambial, ou obter ganhos, principalmente em casos de alta da moeda. 

Tal contrato tem seus dois lados, o de quem vende e o de quem compra. 

No caso de quem compra, alguém pode estar se preparando para uma viagem e teme que o dólar suba. 

Então, se a moeda está mais barata, a pessoa compra o contrato futuro, e mesmo que a moeda fique mais cara depois, ela se protege. Essa operação se chama hedge cambial.

Para quem vende, um indivíduo ou uma empresa podem estar especulando e buscando se proteger também. Quando utilizado corretamente, o contrato futuro pode trazer mais previsibilidade para o fluxo de caixa da empresa.

Certificados de Operações Estruturadas

O Certificado de Operações Estruturadas (COE) é um investimento financeiro, sendo um conjunto de ativos, que mistura aspectos da renda fixa e renda variável.

Ele possui um valor mínimo de investimento, data de vencimento já estabelecida e são emitidos por instituições financeiras. É um investimento que pode apresentar perdas e ganhos, e pode servir tanto para novatos quanto para experientes no mundo dos investimentos.

A instituição deve viabilizar também um documento chamado Documento de Informações Essenciais (DIE) com todas as especificações do COE, entre elas: informações sobre o produto, garantias, prazos, quando pode gerar de rentabilidade, possíveis riscos, previsão sobre o fluxo de pagamentos, entre outras.

Veja os dois tipos de Certificado de Operações Estruturadas (COE):

COE (Valor Nominal Protegido): Para quem não tem muita experiência no universo do investimento, esse é o COE mais indicado. O valor de investimento inicial feito é recebido de volta, mesmo que os ativos de referência do produto tenham tido um desempenho negativo.

COE (Valor Nominal em Risco): Nesse caso, o investidor não tem nenhuma garantia e pode perder todo o valor investido.

Ativos na bolsa 

É o investimento feito por meio da bolsa de valores investindo em ações de empresas exportadoras e/ou ETFs (Exchange Traded Funds).

Você pode investir parte da sua carteira de ações em empresas estrangeiras ou empresas brasileiras de commodities, por exemplo.

No caso dos ETFs, são fundos de investimentos e esses fundos refletem a atuação de um índice de referência, seja de renda variável ou fixa. Conhecidos também como fundos de índice

Por meio dele, o investidor tem acesso ao mercado local e ao externo, de modo que seu olhar se expande para investimentos e ganhos interessantes que não necessariamente estão acontecendo no país. 

Abrir um negócio ou comprar um imóvel no exterior

Existem outras formas de dolarizar o seu patrimônio. Por exemplo, você pode fazer um investimento direto no exterior ao comprar uma casa ou abrir um negócio. Nesse caso, a B&T te ajuda a remeter o seu dinheiro para fora, te guiando por todo o processo. 

Dependendo do negócio, a B&T Global pode te ajudar a saber qual banco contratar no exterior, qual o corretor ideal para encontrar sua casa ou negócio e também na internacionalização do seu capital dentro dos Estados Unidos. Os nossos serviços e produtos atendem empresas e pessoas com negócios entre o Brasil e as terras norte-americanas.

Assim, você pulveriza os seus investimentos, o que garante a diversificação da sua carteira e uma maior segurança. 

Neste post, você conferiu como o dólar impacta a economia e também nossos investimentos, o que pode fazer com que você ganhe mais dinheiro ao longo do tempo ou perca, caso não invista no momento certo ou de forma adequada. 

Bem melhor que banco

Pela B&T é possível enviar o valor para a sua conta nos Estados Unidos ou outro lugar do mundo, além disso, você economiza até 70% nos custos de remessas se compararmos com os bancos e outras opções.

Os bancos não possuem o mesmo expertise em câmbio, logo, eles cobram muitas taxas para fazer uma transferência internacional. Você ainda não terá garantia de quando será atendido ou quando irá cair o valor transferido, já que o câmbio é mais um serviço dentro de vários outros para o banco, ou seja, não é uma prioridade deles.

A B&T Corretora tem como prioridade o câmbio, quando você opta por fazer negócio, sem o banco, conseguimos ter controle total sobre o valor do câmbio e do spread (diferença entre o preço de venda e compra do câmbio), permitindo maior negociação e consequentemente, podemos abaixar o preço, o que é mais vantajoso para você, cliente B&T.

Precisa de ajuda na dolarização do seu patrimônio?
Entre agora em contato com a B&T Corretora. 💚